fioecabo.com.brGTM-W9CFLZK

CURTOS CIRCUITOS: O que são e Como Evitar

CURTOS CIRCUITOS

Curtos Circuitos: 

O curto circuito é um dos acidentes elétricos mais perigosos e com alto risco de acarretar em incêndios que conhecemos. Para conseguir adotar medidas de prevenção, é preciso entender os tipos de curto circuitos que existem e quais as sobrecargas elétricas existentes.

O QUE É UM CURTO CIRCUITO?

Quando a liberação excessiva de energia elétrica na instalação atinge a capacidade do circuito, acontece o superaquecimento dos condutores. É assim que o curto-circuito ocorre, já que nessa situação ele não consegue resistir ao fluxo da corrente elétrica.

Isso acontece porque os fios e os componentes da rede elétrica são desenvolvidos para suportar um determinado nível de corrente de energia e quando ficam expostos a sobrecargas de eletricidade por um longo período de tempo, os componentes acabam passando por um aquecimento elevado, causando o derretimento dos materiais.

Esta sobrecarga de energia pode provocar faíscas e explosões, causando danos em todo o circuito elétrico. Em algumas instalações de maiores proporções, é possível que aconteçam acidentes mais graves e até mesmo leve a incêndios.

Independentemente do tipo de edificação, o sistema elétrico precisa ser bem dimensionado e projetado, com a utilização de produtos de boa qualidade para garantir segurança a instalação.

Cabeamento, fios, condutores, caixas de passagem devem ser escolhidos de acordo com regulamentações e normas para instalações elétricas. Nesse quesito, economizar na hora da compra dos materiais pode ser bastante prejudicial e perigoso para o projeto.

No ambiente domiciliar, por exemplo, os equipamentos de alta potência que demandam puxar muita energia para seu funcionamento, como chuveiros, ar condicionado, micro-ondas e etc, devem contar com um circuito elétrico próprio ligado no quadro de luz.

CURTOS CIRCUITOS: O que são e Como Evitar, , $sitename%, fio, cabo, cobre, elétrica, reforma, construção, obra,

Tipos de Curto Circuitos:

Abaixo estão os principais tipos de curtos circuitos, de acordo com o nível de gravidade:

  • Trifásico;
  • Fase-fase e fase-fase com terra;
  • Fase terra;

 

Sinais de um Curto Circuito:

  • Cheiro de queimado em aparelhos;
  • Tomadas queimadas, ou seja, com manchas negras;
  • Lâmpadas que queimam muito rápido;
  • Interrupção da energia em um ou mais cômodos sem motivo aparente;
  • Disjuntor que desarma constantemente;
  • Fusíveis queimados;

 

CURTOS CIRCUITOS: O que são e Como Evitar, , $sitename%, fio, cabo, cobre, elétrica, reforma, construção, obra,

 Como evitar?

Sem dúvidas uma das ações mais importantes para evitar problemas relacionados ao sistema elétrico é a contratação de profissionais qualificados para realizar as instalações e/ou manutenções, além de realizar vistorias com o decorrer do tempo para analisar a qualidade da fiação e etc.

Sendo assim, é de extrema importância ter os fios bem dimensionados, com diâmetros suficientes para evitar o superaquecimento. Também são essenciais interruptores adequados que desligam automaticamente quando detectam algum problema na rede elétrica, os disjuntores.

Ter os circuitos providos de aterramento ajuda a dissipar o excesso de energia e ter as fases bem distribuídas equilibram a intensidade da corrente, evitando picos de energia. Já uma demanda bem dimensionada e tomadas bem distribuídas evitam o uso de benjamins e o acúmulo de energia em um único ponto.

 

Para maiores dúvidas, entre em contato com a Equipe Mega Cobre. Estaremos à disposição para ajudar!

CURTOS CIRCUITOS: O que são e Como Evitar, , $sitename%, fio, cabo, cobre, elétrica, reforma, construção, obra,

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site usa cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.

POLITICA DE PRIVACIDADE

Entre em contato com um dos nossos consultores.