fioecabo.com.brGTM-W9CFLZK

Isolação de Fios e Cabos Elétricos

Isolação de Fios e Cabos Elétricos

Você sabe a importância da isolação de fios e cabos elétricos?

Será que qualquer problema como furos ou até mesmo rasgos na superfície podem ocasionar sérios problemas no funcionamento do cabo?

Da mesma forma que um cano não pode ter furos, o isolante que reveste um fio de energia tem que se manter íntegro. Desse modo, é preciso cuidar para que as peças estejam em boas condições, evitando risco de curto-circuito ou mesmo incêndios.

Condutores elétricos, em sua maioria, são metais pelos quais a energia passa facilmente e sem resistência, como por exemplo o cobre e o alumínio. Já os isolantes oferecem resistência às correntes elétricas, por isso são usados para revestir fios elétricos para evitar que a eletricidade se dissipe, como por exemplo a borracha, o plástico ou a cerâmica.

Por que é importante a isolação de fios e cabos elétricos?

A segurança é uma das principais razões pela qual você deve ter atenção a isolação de cabos elétricos, porque ela evita choques ao ter contato com a fiação. Pois, de acordo com a corrente, um acidente como esse pode causar sérios danos.

Outro ponto relevante é que essa proteção evita o escape de energia. Desse modo, o material isolante atua como um cano, que mantém a corrente elétrica presa em seu interior. Assim, ela só percorre aquele trecho, sem desvios, o que resulta em maior eficiência. Ou seja, a isolação dos condutores elétricos também é importante para que não haja consumo excessivo de energia.

Principais tipo de isolação: 

Os mais comuns são PVC, EPR e XLPE, e cada um tem seus atributos quanto ao potencial térmico, ou seja, cada tipo resiste a um nível diferente de um regime permanente, ou seja, em níveis normais de uso; de sobrecarga o que reduz a vida útil do composto; e de curto-circuito quando atinge a maior temperatura, que não deve exceder 5 minutos.

Dessa maneira, a temperatura de serviço contínuo é aquela que pode ser aplicada permanentemente no cabo durante toda a sua vida útil. Já a temperatura de sobrecarga é admitida, no máximo, durante 100 horas consecutivas ou 500 horas durante a vida do cabo. E a temperatura de curto-circuito só é permitida por, no máximo, 5 segundos. Caso estes valores sejam ultrapassados, é possível que o isolamento do cabo tenha sido comprometido, podendo causar incêndios, curtos-circuitos e choques elétricos.

  • PVC: suporta temperaturas menores, de 70º C em regime permanente, 100º C em sobrecarga e 160º C em curto.

  • EPR: suporta temperaturas de 90º C em regime permanente, 130º C em sobrecarga e 250º C em curto.

  • XLPE: suporta temperaturas de 90º C em regime permanente, 130º C em sobrecarga e 250º C em curto.

O PVC, é um material termoplástico que amolece quando aquecido mas não perde suas propriedades físicas, suportando a uma temperatura de operação normal de até 70 °C no condutor. Já o XLPE (polietileno reticulado), e o EPR (borracha etileno-propileno) são materiais que sofreram um processo de vulcanização (reticulação), o que os tornam termofixos, logo, não amolecem com o calor e suportam temperaturas de operação mais elevadas de até 90 °C. E em média tensão, cabos isolados com EPR suportam 105 °C em operação normal.

Com relação à isolação de emendas de cabos elétricos é preciso levar em consideração algumas observações:

Primeiro que a fita isolante ela tem uma elasticidade, é possível puxá-la antes que ela se rompa, isso é importante porque muitos eletricistas não sabem isolar o cabo porque eles não conhecem essas características da fita isolante e saem enrolando a fita de qualquer maneira no cabo. 

Para exemplificar uma isolação de emenda de fios e cabos elétricos:

Isolação de Fios e Cabos Elétricos, , $sitename%, fio, cabo, cobre, elétrica, reforma, construção, obra,

  • Pegue dois cabos emendados com uma emenda em prolongamento e a fita isolante

     

  • Não é necessário usar o rolo de fita isolante, basta apenas um pequeno pedaço que seja suficiente para cobrir a área da emenda e isolar o cabo

     

  • Sempre comece isolando com a fita na diagonal sempre um pouco pra dentro da capa plástica. A fita isolante por ela possuir elasticidade ela pode ser puxada e enrolada, então puxe e enrole a fita na diagonal, com força mas com cuidado para não arrebentar a fita.

     

  • Isso vai garantir que não entre ar na parte de borracha da isolação porque se tiver ar com o tempo a cola vai (junto com a temperatura dessa emenda) acabar se perdendo;

     

  • Quando chegar no limite da emenda vai fazer uma voltinha e continua puxando e enrolando sempre na diagonal no sentido contrário até acabar a fita isolante.

     

  •  A espessura dessa capa de isolação que está sendo feita com a fita isolante terá que ser razoável, não pode ser grossa demais, nem fina demais.

Para maiores informações, entre em contato com a Equipe Mega Cobre. Estaremos à disposição para ajudar!

Isolação de Fios e Cabos Elétricos, , $sitename%, fio, cabo, cobre, elétrica, reforma, construção, obra,Referências:

https://disnacon.com.br/noticias/cabos/tipos-de-isolacao-para-condutores-eletricos-conheca-sua-importancia/

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site usa cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.

POLITICA DE PRIVACIDADE

Tire suas dúvidas com um de nossos consultores.